MAIS UM SUCESSO, DESTA VEZ NO TEATRO HISTÓRICO DE SÃO MANUEL.

O histórico Teatro Municipal da cidade de São Manuel, inaugurado em 1908, foi o palco da última apresentação desta série, do concerto “Violão ao Pôr do Sol” com Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas.
Um bom público, bastante interessado em música instrumental esteve presente neste último domingo dia 11 no teatro que passou a ser denominado Cine Teatro Municipal “Alberto Pampado” em São Manuel, interior de São Paulo.
Muitos aplausos e emoção marcaram esta apresentação que teve uma surpresa. Laércio Ilhabela na hora do bis, fez uma homenagem ao Tonico da dupla Tonico e Tinoco, célebre cantor nascido em São Manuel. Com arranjo do Maestro Carlos Lima feito lá mesmo, no camarim do teatro, Laércio Ilhabela, o Maestro Carlos Lima, Álvaro Peterlevitz, Fábio Engle, Jonas Goes e Cristina Geraldini tocaram e cantaram, sim, cantaram um dos grandes sucessos da dupla – “Chico Mineiro”. O público presente cantou junto e se emocionou muito com a surpreendente homenagem. Realmente um encerramento memorável, desta primeira fase do projeto “Violão ao Pôr do Sol.
O projeto Violão ao Pôr do Sol é uma realização de Juarez Godoy, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. A produção cultural é da 3marias Produtora. Patrocínio da Sogefi Group – Allevard Molas do Brasil Ltda. Apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio PCJ, Big Mídia, Prefeitura Municipal de São Manuel com a Diretoria Municipal de Cultura e do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria da Cultura.

Teatro Municipal traz violonista Laércio Ilhabela, um dos mais importantes da atualidade.

O violonista Laércio Ilhabela, homenageia o instrumento e alguns dos mestres do violão brasileiro.

O Brasil é referência quando falamos em música instrumental, especialmente violonistas. Músicos e compositores que entraram para história como João Pernambuco e Paulinho Nogueira. O violonista Laércio Ilhabela, um dos mais importantes da atualidade, traz à Botucatu no próximo dia 27 de julho, o concerto “Violão ao Pôr do Sol” com algumas obras destes mestres e também músicas de sua autoria fazendo uma verdadeira homenagem ao violão brasileiro.

Para acompanhá-lo um Quinteto de Cordas com os músicos Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo), com arranjos e violão do Maestro Carlos Lima.

No repertório algumas pérolas como “Gente Humilde”, de Garoto; “Som de Carrilhões”, de João Pernambuco; “Bachianinha nº 1”, de Paulinho Nogueira e outras de sua autoria como “Violão ao Pôr do Sol” e “Mar de Ilhabela”.

O projeto Violão ao Pôr do Sol é uma realização de Juarez Godoy Fotografia, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. A produção cultural é da 3marias Produtora. Patrocínio da Sogefi Group – Allevard Molas do Brasil Ltda. Apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio PCJ, Prefeitura Municipal de Botucatu através da Secretaria Municipal de Cultura e do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria da Cultura.

Serviço:

Concerto: “Violão ao Pôr do Sol” – Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas.

Data: 27/07/2013 – Sábado | Horário: 20h30 | Gratis.

Local: Teatro Municipal “Camillo Fernandez Dinnucci”

Endereço: Praça Coronel Rafael De Moura Campos, 27 | Centro | 18606-430 Botucatu – SP

Tel. 14 3882.9004 | www.cultura.botucatu.sp.gov.br

Em Botucatu mais um sucesso do “Violão ao Pôr do Sol”

No último sábado 27, noite fria em Botucatu, grande festa da padroeira Sant’Ana acontecendo bem próximo e mesmo assim um excelente público foi ao Teatro Municipal para prestigiar o concerto de Laércio Ilhabela acompanhado pelo Quinteto de Cordas e da bailarina Ilíada Soriano. Quem foi não se arrependeu, aplaudiu de pé, pediu bis e pode apreciar um espetáculo muito diferente e por que não dizer especial.
Música instrumental de alta qualidade com o violão ímpar de Laércio Ilhabela, arranjos e violão do Maestro Carlos Lima, acompanhados por Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo) e a participação superespecial da premiada bailarina Ilíada Soriano em emocionante performance flamenca para aquecer aquela noite fria. Um sucesso!

O projeto Violão ao Pôr do Sol é uma realização de Juarez Godoy, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. A produção cultural é da 3marias Produtora. Patrocínio da Sogefi Group – Allevard Molas do Brasil Ltda. Apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio PCJ, Prefeitura Municipal de Botucatu através da Secretaria Municipal de Cultura e do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria da Cultura.

VIOLÃO AO PÔR DO SOL – Laércio Ilhabela

A composição de Laércio Ilhabela - Violão ao Pôr do Sol, naturalmente foi inspirada no magnífico pôr do sol de Ilhabela, sua cidade, e dá nome à turnê e ao concerto que foi apresentado nesta quarta dia 10 na programação oficial da 40ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

Excelente público na Praça das Bandeiras que prestigiou e aplaudiu de pé mais uma grande apresentação de Laércio Ilhabela acompanhado pelo Quinteto de Cordas: Silas Simões (violino I), Fábio Engle (violino II), Germano Fonseca (viola), Cristina Geraldini (violoncelo) e com arranjos e violão do maestro Carlos Lima. Participação especial da bailarina Ilíada Soriano. “Violão ao Pôr do Sol” é um projeto realizado por Juarez Godoy, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. Produção cultural da 3marias. Patrocínio da SOGEFI Group – Allevard Molas do Brasil Ltda e apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio Pcj, Prefeitura de Ilhabela, ProAC Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo e Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura.

Concerto de Laércio Ilhabela faz homenagem ao violão brasileiro.

O violonista Laércio Ilhabela, um dos mais importantes da atualidade, homenageia o instrumento e alguns dos mestres do violão brasileiro.

O Brasil é referência quando falamos em música instrumental, especialmente violonistas. Músicos e compositores que entraram para história como João Pernambuco e Paulinho Nogueira. Neste concerto denominado “Violão ao Pôr do Sol”, o violonista Laércio Ilhabela participa da programação oficial da 40ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela, no próximo dia 10 de Julho. Laércio apresenta algumas obras destes mestres e também músicas de sua autoria fazendo uma verdadeira homenagem ao violão brasileiro. Para acompanhá-lo um Quinteto de Cordas com os músicos Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo), com arranjos e violão do Maestro Carlos Lima.

No repertório algumas pérolas como “Gente Humilde”, de Garoto; “Som de Carrilhões”, de João Pernambuco; “Bachianinha nº 1”, de Paulinho Nogueira e outras de sua autoria como “Violão ao Pôr do Sol” e “Mar de Ilhabela”.

O projeto Violão ao Pôr do Sol é uma realização de Juarez Godoy Fotografia, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. A produção cultural é da 3marias Produtora. Patrocínio da Sogefi Group – Allevard Molas do Brasil Ltda.; apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio PCJ, Secretaria de Cultura e Secretaria de Turismo da Prefeitura Municipal de Ilhabela e do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria da Cultura.

Serviço:

Concerto: “Violão ao Pôr do Sol” – Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas.
Data: 10/07/2013 – Quarta-feira | Horário: 22h00 | Ilhabela – SP | GRÁTIS

UM ESPETÁCULO ! Ontem em Mogi Mirim

O público que lotou o Teatro do Centro Cultural de Mogi Mirim no dia de ontem, certamente buscava por música instrumental de qualidade. O que presenciaram foi mais do que isso… Um espetáculo!
Abrindo a programação do 2º FESTIMM – Festival de Inverno de Mogi Mirim www.festimm.com.br realizado pela Banda Lyra Mojimiriana, com o apoio da Prefeitura de Mogi Mirim.
Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas – Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo), com arranjos e violão do Maestro Carlos Lima. Participação especial da bailarina Ilíada Soriano.
“Violão ao Pôr do Sol” é um projeto realizado por Juarez Godoy Fotografia, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. Produção cultural da 3marias. Patrocínio da SOGEFI Group – Allevard Molas do Brasil Ltda e apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio Pcj, Fundação Memorial, ProAC Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo e Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura.

Abertura do 2º FESTIMM será com o violonista Laércio Ilhabela que faz uma homenagem ao violão brasileiro.

“Violão ao Pôr do Sol”, concerto de Laércio Ilhabela com Quinteto de Cordas tem arranjos e violão do Maestro Carlos Lima.

O Brasil é referência quando falamos em música instrumental, especialmente violonistas. Músicos e compositores que entraram para história como João Pernambuco e Paulinho Nogueira. Neste concerto denominado “Violão ao Pôr do Sol”, o violonista Laércio Ilhabela traz à Mogi Mirim no próximo dia 28 de Junho, algumas obras destes mestres e também músicas de sua autoria fazendo uma verdadeira homenagem ao violão brasileiro. Para acompanhá-lo um Quinteto de Cordas com os músicos Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo), com arranjos e violão do Maestro Carlos Lima.
No repertório algumas pérolas como “Gente Humilde”, de Garoto; “Som de Carrilhões”, de João Pernambuco; “Bachianinha nº 1”, de Paulinho Nogueira e outras de sua autoria como “Violão ao Pôr do Sol” e “Mar de Ilhabela”.
O projeto Violão ao Pôr do Sol é uma realização de Juarez Godoy Fotografia, Central de Marketing + Propaganda, Lenir Boldrin e Laércio Ilhabela. A produção cultural é da 3marias Produtora. Patrocínio da Sogefi Group – Allevard Molas do Brasil Ltda.; apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio PCJ, Prefeitura de Mogi Mirim, Lyra Mojimiriana, 2º FESTIMM Festival de Inverno de Mogi Mirim e do ProAC – Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo – Secretaria da Cultura.

VT – http://youtu.be/6VuwPdMnWFI

Serviço:

Abertura do 2º FESTIMM – Festival de Inverno de Mogi Mirim

Concerto: “Violão ao Pôr do Sol” – Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas.
Data: 28/06/2013 – sexta-feira | Horário: 20h30 | GRÁTIS

Local:  Teatro Municipal do Centro Cultural “Prof. Lauro Monteiro de Carvalho e Silva”

Av. Santo Antonio, 430 – Centro
13800-030 - Mogi Mirim – SP
Telefone: 19 3804.1078
www.festimm.com.br

LAÉRCIO ILHABELA no Memorial da América Latina

Estreou no último dia 31 de Maio no Auditório Simón Bolívar – Memorial da América Latina em São Paulo, o espetáculo “Violão ao Pôr do Sol”. Um bom público presente que aplaudiu de pé ao final da apresentação com Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas – Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo), com arranjos e violão do Maestro Carlos Lima. Participação especial da bailarina Ilíada Soriano.

“Violão ao Pôr do Sol” projeto realizado por Juarez Godoy Fotografia, Central de Marketing + PropagandaLenir Boldrin e Laércio Ilhabela. Produção cultural da 3marias. Patrocínio da SOGEFI Group – Allevard Molas do Brasil Ltda e apoio da Tecelagem Panamericana, Consórcio Pcj, Fundação Memorial, ProAC Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo e Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura.

Concerto “Violão ao Pôr do Sol” faz homenagem ao violão brasileiro.

O violonista Laércio Ilhabela, um dos mais importantes da atualidade, homenageia o instrumento e alguns dos mestres do violão brasileiro.

 O Brasil é referência quando falamos em música instrumental, especialmente violonistas. Músicos e compositores que entraram para história como João Pernambuco e Paulinho Nogueira. Neste projeto o violonista Laércio Ilhabela traz algumas obras destes mestres e também músicas de sua autoria fazendo uma verdadeira homenagem ao violão brasileiro. Para acompanhá-lo um Quinteto de Cordas com os músicos Álvaro Peterlevitz (violino I), Fábio Engle (violino II), Jonas Góes (viola), Cristina Geraldini (violoncelo), com arranjos e violão do Maestro Carlos Lima.
No repertório algumas pérolas como “Gente Humilde”, de Garoto; “Som de Carrilhões”, de João Pernambuco; “Bachianinha nº 1”, de Paulinho Nogueira e outras de sua autoria como “Violão ao Pôr do Sol” e “Mar de Ilhabela”.
O projeto Violão ao Pôr do Sol conta com o apoio do ProAC – Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo e do Governo do Estado de São Paulo. Com o patrocínio da Sogefi Group – Allevard Molas do Brasil Ltda; apoio da Tecelagem Panamericana e Fundação Memorial.

LAÉRCIO ILHABELA – Violão em todos os sentidos
Laércio Ilhabela em sua arte, representa muito bem a brasilidade – essa cultura multirracial que faz do Brasil o grande diferencial e referencial musical para o mundo.
Laércio Ilhabela é o violão brasileiro contemporâneo: resgatando gêneros, ritmos, criando sons e melodias no instrumento que é quase um símbolo da música brasileira. Em suas composições e interpretações, mescla ritmos como, bossa nova, choro, caipira, flamenco espanhol e a música clássica,  representando assim,  a pura vanguarda criativa da música instrumental brasileira.
Natural de Nova Europa (SP), reside em Ilhabela (SP) desde 1986. Descendente de espanhóis iniciou seus estudos de violão clássico com os professores Mário Manuel e João Fernandes e harmonia com Paulinho Nogueira.
Compositor, arranjador e intérprete, dedica-se à pesquisa e ao estudo do violão na música erudita e popular brasileira – principalmente o chorinho. Esses estudos e composições têm ainda forte influência do flamenco espanhol, sua outra escola – fonte de inspiração e performance técnica.
Laércio Ilhabela já atuou junto a grandes nomes da música brasileira como Duofel, Sebastião Tapajós, Paulinho Nogueira, Rolando Boldrin, Inezita Barroso, Mariana de Moraes, Mazinho Quevedo, Tetê Espíndola, Ulisses Rocha, Maestro Carlos Lima, Orquestra Sinfônica Municipal de Americana, Orquestra Filarmônica de Rio Claro e Orquestra Sinfônica Lyra Mojimiriana.
Laércio Ilhabela tem se revelado um grande instrumentista e estudioso da história do violão, é citado pela mídia especializada como um dos grandes instrumentistas da atualidade. Fez uma série de concertos no Brasil e na França a convite da Embaixada do Brasil e Entidades Culturais daquele país. Em 2010, voltou à Paris participando da programação oficial da tradicional 29a Fête de la Musique, levando como convidados o Maestro Carlos Lima e Mariana de Moraes (neta de Vinicius de Moraes) quando fizeram um tributo ao poeta, para um grande público no Palais du Luxembourg.

A importância e qualidade da obra de Laércio Ilhabela é destaque inclusive pela expressão sentimental de seu violão que inspira apresentadores, diretores e sonoplastas da televisão brasileira que utilizam sua requintada musicalidade para ilustrar inúmeras matérias sobre arte, história, ecologia, cultura e turismo.
Choro, bossa nova, música erudita, caipira e flamenco – Laércio Ilhabela consegue assimilar toda essa cultura tipicamente brasileira e instrumental espanhola, onde a diversidade, a versatilidade e a criatividade tomam forma nas cordas de seu violão que reverencia os grandes mestres e o próprio instrumento que traduz através da madeira, cordas e dedos a alma dos antepassados, a sentimentalidade dos grandes intérpretes e pulsa inconfundível, em seu sonoro e singular violão brasileiro.

Mais informações podem ser obtidas direto com o produtor, Lenir Boldrin, pelo telefone 19 8804-8668.

 Serviço:

Concerto:  “Violão ao Pôr do Sol” – com o violonista Laércio Ilhabela e Quinteto de Cordas.
Data: 31/05/2013 – sexta-feira
Horário: 21h
Entrada Franca
Local:  Auditório Simon Bolívar | Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
01156-001 - Barra Funda – São Paulo SP
Telefone: 11 3823.4600
www.memorial.org.br

Siga-me

Sobre o Laércio Ilhabela

Laércio Ilhabela em sua arte, representa muito bem a brasilidade - essa cultura multirracial que faz do Brasil o grande diferencial e referencial musical para o mundo. Laércio Ilhabela é o violão brasileiro contemporâneo: resgatando gêneros, ritmos, criando sons e melodias no instrumento que é quase um símbolo da música brasileira...